Como é que os ronrons enxergam o mundo?

Como bom gateiro, você já deve ter passado algumas boas horas trocando olhares com seu gatinho. Se ele não for do tipo mais espoleta, ele provavelmente já passou alguns bons momentos encarando de volta. Até mesmo os gatinhos mais agitados costumam gastar algum tempo olhando atenciosamente o movimento de outros animais ou brinquedos. Você já parou alguma vez para pensar exatamente o que é que o seu companheiro vê quando está fazendo alguma dessas coisas? Isto é, já tentou imaginar como é que eles enxergam o mundo ao seu redor?

Florinda

Florinda. Foto: Camila Dinnebier

O jeito mais fácil de explicar como os gatos enxergam as coisas é comparando a visão deles com a nossa. Para isso, precisamos entender que somos capazes de enxergar o mundo ao nosso redor graças a dois tipos de células presentes em nossas retinas: os cones, que são responsáveis pela nossa percepção de cores, e os bastonetes, responsáveis pela percepção da luminosidade. Podemos analisar como a visão deles se compara a nossa nessas duas categorias, e por fim analisar a comparação entre nossos campos de visão e a distância que conseguimos enxergar.

Luminosidade

É de conhecimento comum que os gatos enxergam muito melhor que nós no escuro. Isso ocorre devido aos padrões de caça dos seus ancestrais e ao período de maior atividade dos gatos, que são animais crepusculares, ou seja, animais que têm maior atividade ao amanhecer e ao crepúsculo.

Dessa necessidade de maior visão em períodos de escuridão vieram as adaptações na visão dos gatos, que contam com seis a oito vezes mais bastonetes (as células responsáveis por perceber luminosidade) que os humanos.

Além disso, os gatos, bem como cães e alguns outros animais, também têm em seus globos oculares uma membrana chamada de tapetum lucidum, que serve para refletir a luz que entra em seus olhos e melhorar a visão em condições de baixa luminosidade. Você já se perguntou por que os gatos têm olhos tão brilhantes quando refletido na luz, durante a noite? É justamente por causa dessa membrana!

Tapetum

Flash sendo refletido no tapetum lucidum. Foto: Wikipedia

A combinação da presença do tapetum, da maior quantidade de bastonetes e da própria forma elíptica dos olhos dos gatos concedem a eles uma capacidade muito melhor do que a nossa de discernir objetos e movimento contra um fundo escuro. Movimentos lentos, entretanto, podem parecer objetos estacionários para os gatos.

Cores

Nesse ponto, nós temos a vantagem em relação a nossos amigos felinos. Como o espaço na retina deve ser dividido entre bastonetes e cones, a maior quantidade de bastonetes dos gatos também significa que eles têm uma quantidade de cones menor, o que impacta a sua capacidade de enxergar e distinguir cores.

Enquanto nós humanos temos cones que nos permitem distinguir verde, vermelho e azul, os gatos, apesar de também possuírem três tipos de cones, apresentam células diferentes, cuja sensibilidade é acentuada para tons de azul e amarelo, com um pouco de verde. Alguns testes comportamentais indicam que os gatos não são capazes de enxergar um espectro de cores tão grande quanto humanos. Nós temos cerca de 10 vezes mais cones que os gatos, o que significa que na luz brilhante somos capazes de perceber movimentação muito melhor que eles.

Fefa

Fefa. Foto: Adote Um Ronrom

Campo de visão e foco

Nós humanos temos um campo de visão limitado a 180 graus. Nesse aspecto, os gatos também nos vencem, já que seu campo de visão chega a até 200 graus. A visão periférica deles também é melhor que a nossa (30 graus e 20 graus, respectivamente), permitindo que eles enxerguem melhor aqueles movimentos no canto do campo de visão, seja esse movimento uma presa ou algum de seus brinquedinhos.

Outro ponto diz respeito a distância com que conseguimos perceber objetos com nitidez. Os humanos percebem objetos com nitidez entre 30 e 60 metros. Os gatos, por não possuírem a mesma musculatura que nos permite mudar o foco de nossa visão de longe para perto, não conseguem focar em objetos que estejam a mais de 6 metros de distância, e tampouco em objetos que estejam a menos de 30 centímetros de seus olhos. Nesse caso, os bigodes auxiliam o gato a se orientar e perceber objetos.

Comparativo

As diferenças entre a visão humana (sup.) e felina (inf.). Foto: Nickolay Lamm

Além da foto acima, o artista Nickolay Lamm tem uma série de fotografias comparando a visão de humanos e gatos. Se as diferenças já parecem enormes e estava difícil imaginar como seria na prática, basta conferir esse trabalho super legal!

E quando meu gato fica encarando algo que não consigo ver?

Por fim, uma curiosidade bastante interessante: uma pesquisa de 2014 publicada no Proceedings of the Royal Society B afirma que os gatos, dentre outros mamíferos, possuem sensibilidade a luz ultravioleta! Isso pode explicar o porquê dos gatos darem tanta atenção a coisas que para nós parecem tão normais. Essa nova pesquisa acredita que coisas como flores e animais podem ter um visual bem diferente para eles.

UV

Periquito australiano sobre luz ultravioleta. Foto: The National History Museum

Muito legal o jeito que os gatos veem né? Aproveite e compartilhe para que mais gente saiba como os ronrons enxergam o mundo!

Fontes consultadas:

https://meusanimais.com.br/como-os-gatos-enxergam-as-cores-do-mundo/

https://www.livescience.com/40459-what-do-cats-see.html

http://www.catster.com/lifestyle/cat-facts-color-vision-ultraviolet-research-odd-behavior

http://rspb.royalsocietypublishing.org/content/281/1780/20132995.full

Imagens: Fotos feitas por voluntários do Adote um Ronrom; wikipedia.org; nickolaylamm.com; atlasobscura.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s