Depoimento de Adotante: Bolinho! 🐈

Oiii gente, tudo bem?

Como é bom ver nossos ronrons sendo felizes com seus novos papais e mamães (e também irmãos)! Hoje trazemos o depoimento do Bolinho! ❤❤

Oi pessoal!

Aqui está tudo bem. Tenho uma rotina um pouco cansativa, confesso.
Papai acorda sempre bem cedo e vou correndo ronronando pra dar bom dia. Acho que ele fica feliz, porque sempre que faço isso ganho comidinha. Só não sei por que ele dá pras minhas irmãs também. Elas só ficam lá dormindo. Ainda de manhã, preciso afofar a barriga da mamãe até ela acordar. Depois vou até a cozinha, andando no meio das pernas dela, para garantir que ela ache o caminho. Às vezes ela dá cada tropeção que eu acho que, se não fosse por mim, ela não conseguiria chegar lá. Enquanto ela se veste, eu viro rocambole na coberta. Já percebi que se eu ronronar bastante, ela desiste de arrumar a cama e me deixa lá, bem quentinho. Enquanto a mamãe vai trabalhar, eu fico com o papai, que tá sempre muito concentrado no trabalho, e aproveito pra dormir bastante e recuperar minhas energias. Só levanto na hora do lanche, pra lembrar o papai que ele precisa comer. Claro que a gente aproveita e faz uma boquinha também. Às sete, é hora de sair correndo do meu sofá e ir receber a mamãe na porta da cozinha (quando ela entra pela sala eu fico muito confuso) e dar um abração. O importante é escalar a perna dela bem rápido, antes que ela consiga largar a bolsa e me pegar no colo, principalmente quando ela tá de meia-calça. Ela dá muitos gritos de alegria. Espero, com minhas irmãs, eles terminarem o jantar para finalmente irmos para o sofá da sala de TV. É o local sagrado da casa e só podemos ir quando os humanos estão juntos. Ficamos ansiosos parados na frente da porta para impedir que eles esqueçam de ir lá. Cada um de nós tem seu lugar, e o meu é na cabeça da mamãe, onde ela consegue me alcançar e fazer bastante carinho. Eu até gosto da minha irmãzinha do Ronrom, a Tapioca, mas ela não me dá muita bola. Já a mais velha, que morava com a vovó, de vez em quando desafia minha posição de macho-alfa dessa casa e preciso impor respeito. Eu tenho medo dela, então só corro e faço cara de mau, mas não chego muito perto. Só não conta pra mamãe, ok? Não quero que ela saiba que tenho medo daquela baixinha.
Os humanos estão sempre batendo fotos de mim. Separei algumas pra mostrar pra vocês:
Aqui sou eu ajudando a mamãe a tomar café da manhã
bolinho 1
Aqui é onde eu descanso de manhã
bolinho 2
Aqui é onde eu tiro uma soneca no solzinho depois do almoço
bolinho 3
Essa caixinha onde eu descansava de tarde, a velhaca roubou 😦
bolinho 4
Nesse dia mamãe chegou em casa pela porta errada. Fiquei meio confuso, mas abracei mesmo assim 🙂
boilnho 5
Meu lugar no sofá da sala de TV. Esta é a Tapioca, minha irmãzinha
bolinho 5
Às vezes eu divido a mamãe com ela
bolinho 6
Mas eu prefiro ter a mamãe só pra mim
bolinho 7

 

P.S.: Todas as fotos foram enviadas pela mamãe do Bolinho!

Quer enviar um depoimento pra gente mas ainda não tem um Ronrom? Envie um e-mail pra gente: queroumronrom@gmail.com

Clique aqui para conferir a nossa política de adoção

Doação apenas para residências totalmente teladas

Mas se por algum motivo você não pode adotar, ajude para que possamos continuar salvando ronrons!

www.adoteumronrom.com.br/ajude

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s