Saiba tudo sobre pneumonia felina

Pneumonia é a inflamação dos pulmões, provocada por vírus ou bactérias, e pode levar a complicações que acarretam em morte. Nos animais é igual, e também podem ser consequência de gripes. Sem tratamento, essa doença pode levar à morte em poucos dias.

No grupo de risco estão filhotes, gatos idosos e portadores de FIV. Esse grupo pode ser mais sensível à pneumonia e deve ser monitorado de perto no surgir dos primeiros sintomas.

gato-resfriado1

Fique de olho nos sintomas!

O ronrom está quietinho e desanimado? Sem apetite? Apresentou febre, tosse, secreção nos olhos e nariz? Fique atento e leve-o o mais rápido para o médico veterinário avaliar. Muitos apresentam dificuldade de respirar, e muito importante: não medique por contra própria, pois pode piorar a situação. Aliás, isso vale para qualquer doença!

Eu já tive pneumonia, e acreditem, é horrível! Fiquem atentos nas causas da doença para que possa ser evitada. Afinal, não querermos ver nossos ronrons tendo que ficar internados, com sonda e antibióticos!

Sim, o tratamento costuma incluir internação para hidratação e medicação, sonda, pois o animal não sente apetite quando está sem olfato. E também internação para controle da febre, que pode até levar os animais à óbito.

febre

As causas podem ser decorrentes de uma gripe, ou da inalação acidental de medicamentos mal administrados. Esta é a principal causa que pode ser realmente evitada por nós. Primeiramente, que medicação em casa sem aconselhamento veterinário é um erro. Ocorre quando alguém tenta medicar à força um animal e ele acaba inalando o medicamento ao invés de ingerir. Aí o medicamento se aloja no pulmão e pode causar danos, levando à uma infecção.

Durante o tratamento, após orientação médica, mantenha o gatinho em local com temperatura agradável, umidificado, e com água a vontade. Para estimular a alimentação neste período, utilize alimentos com cheiro agradável para chamar atenção do gato.

Saúde é coisa séria, mas prestando atenção no comportamento dos gatinhos, mantendo-os com os exames e vacinas em dia, uma boa alimentação e muito amor, tudo dá certo! Qualquer dúvida procure o veterinário de confiança, e conte conosco também!

Gostou das nossas dicas de hoje? Então compartilhe em suas redes sociais para que mais donos de gatinhos saibam como evitar a pneumonia felina!

Fontes consultadas: http://centervet1.blogspot.com.br/, www.cachorrogato.com.br

Imagens: https://entremaosepatas.wordpress.com/, http://www.todosobremigato.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s