Adotei um Gatinho, e agora?

Fotógrafa do Adote Um Ronrom – Camila Dinnebier

Você pesquisou várias Ongs de adoção de gatinhos, e até que se apaixonou à primeira vista e encontrou um ronrom para chamar de seu. Entretanto, ainda não sabe como preparar sua casa para recebê-lo. Muitos donos de primeira viagem tem esta dúvida: adotei um gatinho, o que devo fazer agora?

dieta-funciona-o-que-fazer-para-funcionar.jpg

Primeiro de tudo, muita calma! hehe

Vamos ajudar você com algumas orientações de cuidados básicos, mas esteja preparado, pois é com a convivência mesmo que você descobrirá mais sobre o seu ronrom.

Sim, é com o dia a dia que você descobrirá mais sobre a personalidade dele, comportamentos, brincadeiras favoritas, horários do soninho, locais da casa preferidos, onde mais gosta de receber carinho, o que significam os muitos miados e muito mais.

E lembre-se, ter um gato é muito diferente de um cachorro, então segure as expectativas pois são animais de comportamentos e cuidados diferentes. Não saia querendo afofá-lo e esmagá-lo desenfreadamente, gatos precisam adquirir confiança para ir para o seu colo, quem dirá deixar esmagá-lo.

Agora vamos lá, seguem mais dicas:

1. Prepare a sua casa para recebê-lo! 

Indiferente se você mora em casa ou em apartamento, saiba que você PRECISA instalar redes/telas de proteção em todas as janelas ou portas da sua residência. Primeiro que gatos adoraaaaam janelas, parapeitos e sacadas. E saiba que não, eles não tem noção da altura que podem estar e isso pode ser extremamente perigoso.

Mas em casa também preciso telar? Sim, é importante você não deixar o seu ronrom ter acesso a rua, pois na rua ele fica suscetível a acidentes, maus tratos, brigas, sumiços permanentes e fica vulnerável a contrair muitas doenças.

GATO BRANCO NA JANELA TELADA.jpg

2.  Caixas de Areia

Coloque duas caixas de areia em algum lugar arejado da casa/apartamento, o ideal é sempre uma a mais do seu número total de gatos. Tanto a caixa quanto a areia sanitária você encontra em supermercados, agropecuárias ou Petshops mesmo. Existem diferentes tipos de “areias”, que vão desde a serragem, sílicas a areias mesmo… você pode experimentar diferentes tipos até encontrar a que seu gatinho se adapte melhor.

Não esqueça de limpar as caixas retirando as fezes e urina diariamente pois, como são animais extremamente higiênicos, eles não gostam de usar caixas repletas de resíduos. Sendo assim, se estiverem “cheias”, eles podem acabar fazendo suas necessidades fora da caixa ou ficar segurando por um bom tempo e isso, pode levá-los a ter alguns problemas de saúde como infecção urinária, por exemplo. Não esqueça também de fazer a higienização da caixa, lavando-a uma vez no mês pelo menos, e trocar a areia.

Evite colocar a caixa de areia próxima aos pratinhos de água e comida. Da mesma forma que você não ia querer “comer ou beber” próximo ou ‘dentro’ de seu banheiro, eles também não gostam!

E, você precisará ensiná-lo a usar a caixa de areia?? Fique tranquilo, se o seu gatinho não for recém nascido não precisará, ele saberá como usar a caixa. Só não fique mudando as caixas de lugar toda hora para que ele não se perca né?! hehe

problemas-com-a-caixa-de-areia

3. Alimentação

Disponibilize água fresca e limpa ao seu gatinho, se puderes comprar uma “fonte”, melhor ainda. Eles adoram água corrente!

Quanto a alimentação, invista em alimentos de qualidade e adequados a idade do seu ronrom, isso ajudará muito no seu desenvolvimento e refletirá na sua saúde. Você pode disponibilizar comida de 2 a 3 vezes por dia ou deixar sempre disponível, aos poucos você entende a dinâmica do seu pequeno e estabelece com ele uma rotina. Mas, em caso de dúvidas, solicite a orientação de um veterinário, ele com certeza ajudará você.

4. Veterinário

Leve o seu gato para um check-up. É importante ele fazer exames de FIV e FELV, doenças infeciosas e transmissíveis (que não tem cura); receber todas as vacinas necessárias e vermífugos. Além do mais, não deixe de castrá-lo.

Além de ser um caso de saúde pública, a castração previne muitas doenças, comportamentos indesejados ou inapropriados, a reprodução desenfreada e a superpopulação.

veterinario-gato

5. Arranhadores

É interessante você disponibilizar arranhadores para que seu gatinho possa se espreguiçar, arranhar e “afiar as suas unhas”. Isso é um instintivamente normal, portanto, se você não quer ver seu sofá, almofadas ou outras coisas com fios puxados ou arranhados…é melhor se adiantar e já garantir a eles arranhadores em lugares estratégicos da casa.

Haaaa, manter as unhas aparadas já ajuda bastante. Existem tesouras específicas para cortar as unhas dos gatos e são facilmente encontradas. Procure orientação sobre como aparar as unhas do seu gatinho para não machucá-lo ok?!

01

6. Brinquedos

Gatos amam brincar! Você pode disponibilizar uma infinidade de brinquedos que vão desde os comprados como: penas, ratinhos, bolinhas, bonequinhos, canetas a laser e etc. a brinquedos simples, como: bolinhas de papel, lãs, caixas de papelão, tampinhas, elásticos e muito mais. Use a sua e a criatividade dele nas brincadeiras, apenas cuide com coisas pontiagudas, peças pequenas ou tóxicas…isso pode machucar ou ser ingeridas.

brinquedos-gatos

7. Caminha

Já que os gatinhos adoram tirar um cochilo, você pode deixar uma caminha com manta ou apenas a manta em algum lugar calmo e de fácil acesso na casa. Mas saiba que, depois de explorar todos os cantos do seu novo lar, será o seu gato quem vai eleger quais são os seus lugares favoritos para dormir.  Portanto, se ele nem der bola para a caminha linda que você escolheu e comprou para ele…não fique triste, é assim mesmo! hehe

Samba-Susana-Ericson

8. Escova

Reserve algumas horinhas para escovar o seu ronrom, principalmente se ele for de pelos longos. A escovação ajuda a retirar os pelos mortos, evita os nós e ajuda a evitar as famosas bolas de pelos que se formam no estômago do gatinho após eles ‘tomarem seu banho’.

cat-grooming

9. Caixa de Transporte

É importante que você tenha uma caixa adequada para transportar o seu ronrom. Use-a quando precisar tirá-lo de casa, seja para levá-lo ao veterinário, em caso de viagens ou outras situações. Essas caixas os mantêm seguros, diminui o nível de estresse e evita o risco de fugas.

como-fazer-seu-gato-nao-estranhar-sua-caixa-de-transporte-pdc1-500x339

10. DICA MAIS IMPORTANTE!

Adotar é um ato de amor, cuidado, solidariedade e responsabilidade!! Se você adotou e já está com o gatinho na sua casa, lembre-se que tanto ele quanto você, precisam de um tempo para adaptação.

Pesquisas apontam que os gatos se adaptam ao estilo de vida, tanto os bons quanto os maus hábitos, assim como são reflexos da personalidade dos seus donos. Portanto, você influencia diretamente no jeito de ser e de se comportar do seu ronrom e vice-versa.

Não esqueça que: gatos miam, dormem para caramba, correm pela casa, caçam bichinhos reais e invisíveis, comem plantas, cavam seu potinho de hortelã, fazem xixi em lugares inadequados, soltam pelos por tudo, podem estragar o seu sofá, ficam doente também…

Mas gatos são inteligentes, carinhosos, amorosos, excelentes cuidadores, dormem de conchinha, brincam, conversam, são engraçados, companheiros… seja enquanto você usa o banheiro ou para esperar você chegar do trabalho na porta; são limpinhos; te ajudam a diminuir o estresse e a ansiedade.

gato-segura-mão-dono-antes-morrer-1.png

Eles dão tanto amor, cor, sentido à vida… e só pedem em troca amor e cuidado. Gatos se apegam, criam vínculos afetivos e emocionais; eles sentem falta dos seus donos quando estão longe, também ficam triste, podem ter depressão e sofrem.

Gatos dão vida por onde passam, geram vidas… são vidas!!

Portanto, nunca pense em abandonar ou desistir dessa vidinha que você mesmo decidiu acolher… indiferente da situação, lembre-se que você e ele precisam apenas de:

Uma pitada de paciência, amor, cuidado, tempo… e logo tudo se ajeita.

fazer-carinho-no-seu-gato-pode-ser-fatal_9956_w460

Caso você ainda não tenha adotado e queira um companheirinho, nos envie um email:   queroumronrom@gmail.com

E não deixe de ler nossa política de adoção

Mas se por algum motivo você não pode adotar, ajude para que possamos continuar salvando ronrons! www.adoteumronrom.com.br/ajude

Fontes consultadas:  https://blogfelino.wordpress.com/2012/03/07/adotei-um-gatinho-o-que-devo-saber/
http://luisamell.com.br/meu-primeiro-gato-o-que-fazerqual-a-diferenca-de-ter-um-cao-como-preparar-a-casa-para-recebe-lo-onde-gatos-gostam-mais-de-carinho-como-ensina-los
http://www.petmag.com.br/14474/meu-primeiro-gato-dicas-para-dono-de-primeira-viagem/
http://doctorzoo.com.br/project/o-gato-e-o-reflexo-do-dono/

Fotos: http://eaibeleza.com/animais/como-preparar-a-casa-para-gatos/
https://meusanimais.com.br/os-gatos-casa-tambem-precisam-brincar/
https://meusanimais.com.br/novo-gato-casa-evitar-problema-outros-felinos/
http://bichosaudavel.com
http://www.gatosmania.com/gatos/problemas-com-a-caixa-de-areia
http://www.tailwaggersgrooming.com/blog/
http://portaldocat.com.br/gatos/noticias/como-fazer-seu-gato-nao-estranhar-sua-caixa-de-transporte/
https://njbh.com.br/2017/07/24/ser-ou-nao-ser-o-que-fazer/
https://tocadosgatinhos.blogspot.com.br/p/lar-seguro-para-gatos.html
http://www.portaldoanimal.org/momento-emocionante-em-que-um-gato-segura-a-mao-do-dono-minutos-antes-de-morrer/

 

 

Um comentário sobre “Adotei um Gatinho, e agora?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s