Entenda tudo sobre os feromônios dos gatos

cat-649164_1920

pixabay.com/pt

Os feromônios funcionam de forma parecida com hormônios, e também são conhecidos como odor social ou ectohormone (hormônio externo), por atuarem fora do corpo e em outros organismos. São capazes de alterar o comportamento de outros animais à sua volta por meio de odores específicos exalados para comunicar diversas situações.

Um animal amedrontado, por exemplo, pode exalar um odor que deixe o resto do grupo mais atento e estressado. Outra situação em que o feromônio pode atuar é na sincronização do cio de um grupo de fêmeas, facilitando, assim, os aspectos relacionados à reprodução.

O que são feromônios e para que servem

Todos nós produzimos feromônios, inclusive os gatos. Essas substâncias químicas são produzidas em determinadas partes do corpo do gato e são capazes de provocar reações específicas fisiológicas ou comportamentais em outros gatinhos, desde que estejam numa determinada distância do espaço físico ocupado pelo gato que expeliu os feromônios.

img_9574-web

kittenhood.ro/wp-content

Os feromônios felinos têm a função de comunicação. Um exemplo disso é quando os gatos roçam suas bochechas em outras pessoas, animais ou objetos. Esse ato deixa o seu feromônio e é como se estivessem dizendo “oi”. Cientistas descobriram que esse feromônio facial deixa um cheiro que relaxa e torna o gato familiarizado com o ambiente.

Desse modo, ao sentirem esse odor, os gatos recebem a mensagem de que o ambiente é amigável e confiável. Outro exemplo é quando o gato faz xixi ou arranha, excessivamente, alguns móveis e objetos a fim de marcar território.

Como os feromônios são liberados pelos gatinhos?

Os gatos produzem feromônios em diferentes partes de seu corpo, como:

  • região facial;
  • região pedal e interdigital;
  • região perianal;
  • região genital;
  • região mamária;
  • urina e fezes.

Os feromônios são liberados no ambiente quando o gato esfrega a cabeça, as bochechas e outras partes do corpo contra objetos, pessoas e até outros gatos, depositando assim o seu cheiro.

Outros gatos percebem esse cheiro, por meio de um órgão sensorial, chamado vômero-nasal, localizado entre os lábios superiores e a entrada das narinas. Por isso, como você já deve ter visto, os gatos fazem esta expressão facial após cheirar algo – abrem a boca e ficam parados, como se estivessem experimentando esse novo odor.

Veja como os feromônios sintéticos podem ajudar o seu gato

cat-2211076_1920

pixabay.com/pt

Se o seu gatinho apresenta problemas de comportamento, como fazer xixi em tudo ou ter sinais de agressividade, o uso de feromônios artificiais pode ajudar nesses casos. Sua utilização não contém contraindicações e pode solucionar vários problemas de má educação dos felinos, como ansiedade, estresse, marcação de território excessiva, adição de novo animal em casa, entre outros.

Esses feromônios sintéticos são substâncias que imitam exatamente os feromônios naturais produzidos pelo corpo do indivíduo. Aqui no Brasil, encontra-se para venda apenas o Feliway, que custa entre R$140,00 a R$220,00. Esse produto inibe a marcação territorial de locais e objetos com urina ou arranhadura, atuando no cérebro dos gatos de maneira inconsciente, igual aos feromônios naturais.

Outro produto que pode atuar como feromônio para os felinos é o famoso catnipconhecida também como erva-dos-gatos. Essa plantinha tem o poder de deixar os gatos muito alegres, isso porque ela tem um composto chamado nepetalactona que entra pelo nariz dos gatinhos, ativa o bulbo olfatório e manda sinais para várias outras partes do cérebro, incluindo a amígdala e o hipotálamo, responsáveis pelas emoções e as reações a elas. Entenda melhor na imagem abaixo:

IMG-20170916-WA0000

gatinhobranco.com

O tratamento comportamental com feromônios artificiais não é totalmente eficaz quando utilizado como única forma. Ele sempre deve ser usado como complemento ao tratamento com outras ações. Por isso sempre consulte o veterinário antes de iniciar qualquer tratamento em seu gato.

Essas foram as dicas de hoje! Espero que tenham gostado! E você, já usou algum desses feromônios sintéticos no seu gatinho? Conte para a gente como foi.


Fontes:

Feromônios. Disponível em: <http://portalmedicinafelina.com.br/feromonios/&gt;. Acesso em: set. 2017.

Tira-dúvida: comportamento x feromônio sintético. Disponível em: <http://www.gateiro.com.br/tira-duvida-comportamento-x-feromonio-sintetico/&gt;. Acesso em: set. 2017.

2 comentários sobre “Entenda tudo sobre os feromônios dos gatos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s