Verme da lagartixa: tudo que você precisa saber

Seja o seu gatinho um caçador ou não,  nós sabemos que eles adoram correr atrás de bichinhos. Portanto, tome cuidado no contato entre o seu gato e uma lagartixa.

cat 5

 

A platinosomose, popularmente conhecida como o verme da lagartixa, é uma doença felina causada por um parasita da espécie Platynosomum concinnum. Ela pode ser adquirida justamente nessa brincadeira, quando o seu gato morde ou engole uma lagartixa infectada pela doença.

Esse parasita é mais comumente encontrado em lugares tropicais e subtropicais. Uma vez que contamina o felino, pode se alojar nos ductos biliares e na vesícula biliar, no entanto, também há casos em que o parasita se encontra próximo a região do intestino ou nos ductos pancreáticos.

A platinosomose pode ser assintomática em certos gatos, mas dependendo do grau de infecção, alguns sintomas são perceptíveis.

gatoint

Principais sintomas:

  • diarréia mucoide (em que apresenta muco)
  • perda de apetite e peso (em casos mais graves de infecção, o gato pode apresentar até anorexia)
  • vômito

Quando o parasitismo se encontra de forma intensa pode ocorrer a colestase (que é a obstrução do ducto biliar) e inflamação hepática, e os sintomas são:

  • icterícia (gengiva e olhos amarelados)
  • anemia
  • aumento do volume do fígado (hepatomegalia)
  • acúmulo de líquido seroso no peritônio (ascite)
  • aumento da vesícula biliar

Os sintomas da platinosomose, ou verme da lagartixa, variam de acordo com o grau de infestação. Portanto, fique atento aos sintomas mas lembre-se sempre de consultar um veterinário caso o seu gatinho apresente algum deles.

cat 2

Como é feito o diagnóstico

Na ausência de sinais clínicos específicos, é muito importante que se tenha uma interpretação clínica  dos sintomas apontados no exame.  Mas, para um diagnóstico mais preciso, é importante fazer um exame de fezes a fim de detectar ovos do parasita.

Um exame de ultrassom também auxilia pois pode apontar o aumento dos dutos biliares e o inchaço anormal do fígado.

No entanto, quando o grau de infestação é muito elevado acaba impossibilitando o sucesso de um exame de fezes. Nesse caso, o mais indicado é uma laparotomia, ou seja, um processo cirúrgico da cavidade abdominal.

Seja o grau de parasitismo intenso ou não, o diagnóstico deve ser feito por um veterinário.

Tratando o verme de lagartixa

O tratamento dura de 3 a 5 dias tomando um remédio anti parasitário, o Praziquantel. O sucesso do tratamento vai depender do grau de infestação em que o gato se encontra, e também do quão afetado estará o fígado.

Para os casos mais intensos, o tratamento também inclui a ingestão de corticóides.

Por fim, se você vive em climas tropicais e em um local possível de se entrar uma lagartixa e outros insetos, lembre-se de incluir a platinosomose no diagnóstico dos exames do gatinho.

marko-blazevic-219788

Fontes: 

Med Felina

Dicas Peludas

Bichos Brasil

Blog para Pet

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s