Depoimento da adotante: Minnie (Maya)

Nós do Adote um Ronrom vivemos motivados pelos finais felizes. A cada adoção, a cada ronrom que recebe uma família, a cada adotante apaixonado que vem a nós cheio de amor pra dar ao seu novo ronrom, isso nos motiva a continuar ajudando mais e mais ronrons a ter uma história com um final feliz.

Quem vem contar uma dessas histórias para nós hoje é a Letícia, mãe da Maya (que virou Minnie):

IMG_9243

Olá Equipe Ronrom!

A Maya, acabou virando Minnie (as crianças escolheram…), e já está conosco há 3 anos.
Ela se deu muito bem com o Ulisses, um gato adulto, 8 anos mais velho que a pequena! Ele a adotou, dormem juntos, se limpam, se cuidam, se adoram! Mas a Minnie sempre foi assustadinha, não quer muita conversa com humanos desconhecidos…. Apesar disso, na hora de buscar uma bolinha de papel, é especialista! Busca todas, quantas vezes for necessário! Tem umas manias fofas como:
– me acorda pedindo carinho;
– pede para abrir a janela de manhã para olhar o movimento da rua e deitar no sol;
– me espera ao lado do box sempre que vou tomar banho e quando saio vem pedir carinho, miando do jeito mais fofo;
– na hora em que coloco ração no potinho sobe em cima de uma mesa e se deita pedindo carinho (será que está me agradecendo?)

No início do ano passado começamos a socializar uma futura cão-guia (Diana) e a Minnie se fechou em seu mundo (embaixo das cobertas) teve muito medo da desengonçada filhote de labrador. No entanto, continuou amiga do Uli e por incrível que pareça, mais a fim de carinho humano! Aos poucos foi ficando mais à vontade, mas sempre de longe…infelizmente, por causa da Diana, Minnie não vem muito para a sala e fica mais nos quartos (Diana fica só na sala), mas mesmo assim, às vezes vem ver o que acontece por lá, procurando os lugares mais altos por segurança.

Perto do Natal achei um gatinho na rua, e o adotei. Minnie e Uli odiaram o filhote, e por isso adotei mais um pequeninho, e foi a solução! Os pequenos brincam muito, e agora, depois de 4 meses, a Minnie está participando das brincadeiras dos filhotes, dorme ao lado deles.. convivem bem!

No final de março a Diana foi desligada do programa de futuros cães-guia, pois tem uma doença degeneretiva, assim resolvemos adotá-la também. Acredito que, apesar dos novos integrantes da casa, Minnie seja feliz, e está cada dia mais carinhosa!

Abraços, Letícia”.

Veja mais fotos da Minnie na nossa galeria de fotos:

Se você também quiser fazer parte de um desses finais felizes, adote!

Veja os ronrons disponíveis para adoção: Ronrons para adoção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s