Gatos na terceira idade – Cuidados com o seu velhinho.

gato-idosoQue devemos ter sempre cuidados com nossos animais, isso não nos resta dúvidas. Devemos sempre oferecer-lhes comida de boa qualidade, água limpa, cuidados médicos regulares e é claro, muito amor e carinho. Mas a idade chega pra todos, e assim como nós seres humanos, o gatos também precisam de cuidados especiais quando chegam na terceira idade.

Infelizmente, eles não possuem 7 vidas como nos ditos populares. Então, temos que cuidar deles muito bem nessa única vida.  É importante não esquecer que a forma como o gato foi mantido ao longo de toda a sua vida, vai contribuir decisivamente para aumentar as hipóteses de viver uma velhice sem problemas.

Com qual idade o gato chega à velhice e quais os sinais?

Geralmente, diz-se que o gato entra para a terceira idade a partir de seus 8 anos, podendo esse tempo ser retardado para os 10 anos conforme as condições de vida e saúde que ele teve. Mas não pense que um gato com 8 anos já seja um idoso. Lentamente o gato pode ir demonstrando que está ficando mais velho, mas sinais notórios de envelhecimento só vão aparecer alguns anos mais tarde, visto que a expectativa de vida de um gato está entre 14 a 16 anos, podendo em muitos casos chegar aos 20 ou mais! Com o avanço da idade, é comum que ocorra uma diminuição das capacidades físicas e por isso, o gato tende a ficar menos ativo.

Com a diminuição das atividades físicas, o gato idoso poderá ter um aumento no seu peso. Porém o contrário também pode ocorrer, e se essa perda de peso for muito acentuada, procure um médico veterinário. Os dentes também sofrem com a idade, podendo  ficar mais escuros, aparecer gengivites e até cair. A visão, audição e paladar podem ver-se reduzidos, mas em gatos realmente muito idosos. O pelo fica menos brilhante, cai com mais freqüência podendo ficar com falhas na pelagem.

Quais as doenças mais comuns dos gatos idosos?older-cat-causes-inflammaging_2

Inflamação dos intestinos, problemas dentários, cardiovasculares, diabetes, pancreatite, câncer, artrite, perda da visão, audição são algumas das doenças que com o passar dos anos os gatos podem chegar a sofrer, mas como já dito antes, isso tudo irá depender muito da forma como foram cuidados em relação à saúde e à alimentação tanto durante sua juventude quanto no período inicial da velhice.

Como devo proceder com a alimentação?

Com a idade, as necessidades fisiológicas alteram-se. É recomendável que se passe a dar alimento específico para gatos idosos e evitar determinados alimentos. Esse tipo de alimento específico para a terceira idade irá ajudar o seu gato a manter o peso (não se tornar obeso devido a diminuição das atividades), ajuda a controlar eventuais problemas renais (sendo uma das doenças com maior freqüência em gatos idosos). Existem diversos suplementos alimentares que podem auxiliar na alimentação, mas sempre devem ser dados depois de passar pelo veterinário.

Devo fazer uma avaliação veterinária?

Mesmo que seu gato idoso aparenta estar saudável, isso não quer dizer que não tenha que levá-lo ao veterinário para realizar alguns exames necessários. Alguns desses exames são: análise de glóbulos vermelhos, urina, exame físico. Também deve avaliar a alimentação, as unhas, os dentes, a pele e o controle de peso. Tudo isso pelo menos uma vez ao ano.

Se o gato apresentar alguns leves inconvenientes, o veterinário deverá realizar uma verificação de rotina, bem como um eletrocardiograma ou uma radiografia do tórax. Se o animal não estiver muito bem e sofrer de problemas mais graves, deve-se fazer todos os exames anteriores e mais uma radiografia do abdômen a cada seis meses.

Além de todos esses cuidados e exames, não se deve esquecer das aplicações regulares das vacinas de acordo com a idade. Na velhice, terá que vaciná-lo com a FVRCP (rinotraqueíte viral felina, calicuvírus e panleucopenia), contra a clamídia, raiva, leucemia felina e bordetellosis.

cuidados-gato-idosoQuais outros cuidados devo ter com meu velhinho?

Como eles vão deixando de ser ativos e perdendo a agilidade, é importante que você ajude ele a manter sua beleza felina. Escove-o com mais freqüência, para retirar o pelo velho. Eles se tornam mais friorentos, por isso deixe sempre sua caminho com mais cobertores e almofadas. Esteja atendo também as mudanças de apetite e a quantidade de água ingerida, pois beber água em excesso é sinal de problemas renais.

Se notar algo de estranho no comportamento do seu gato ou se fisicamente algo lhe chamar a atenção, procure sempre um médico veterinário.

Porém um cuidado muito importante que se deve ter quando o gato chega a velhice é que ele se sinta muito amado. Dê muito amor, carinho para ele, desfrute da sua companhia sempre que lhe for possível. Respeite a sua necessidade de isolamento, mas não esqueça que ele ainda está ali. Esteja com ele até o fim e nunca o abandone.

BÔNUS!

O gato mais velho do mundo se chama Nutmeg e tem incríveis 31 anos! Claro que é uma idade estimada, pois ele foi adotado por um casal no ano de 1990, que levou-o ao veterinário e o mesmo disse que ele teria por volta de 5 anos. Este gato viu o muro de Berlin cair junto com a União Soviética, A internet dominou o mundo, as torres gêmeas foram atacadas pela Al-Qaeda e o Orkut nasceu e morreu.

Segundo os donos, o único segredo para a longevidade do peludo é muita preguiça carinho. “Só sobraram três dentes na boca dele, mas ele gosta tanto de frango que fica esperando parado na porta da geladeira quando quer comer.

31-year-old-cat-nutmeg-11

Fonte: http://revistagalileu.globo.com/; https://gatinhosmania.blogspot.com.br; http://meusanimais.com.br/

Fotos: www.boavidaonline.com.br; http://extra.globo.com/; http://amoremiados.blogspot.com.br/

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s