Tártaro e gengivite nos gatos – previna e trate

Alguém aí tem o hábito de escovar os dentes dos gatos? Exatamente, não é uma prática muito comum, mas, saiba que deveria ser frequente em todos os lares.

276_2026-gato

A falta de escovação dos dentes e gengivas causa acúmulo de tártaro e gera um ambiente propício para desenvolvimento de bactérias que causarão infecção e poderão prejudicar severamente a saúde dos ronrons. Igualmente em nós, ninguém fica confortável ao se imaginar tomando antibióticos, indo no dentista fazer extração de dentes e sentindo muita dor. Então, cuide bem dos dentinhos do seu ronrom para evitar que ele tenha problemas mais sérios!

As placas bacterianas ainda podem causar mau hálito e provocar gengivites, que são difíceis de diagnosticar, pois geralmente os gatos não permitem a inspeção do interior de sua boca. É aí que mora o perigo. Que tal aproveitar a oportunidade e aos poucos ir acostumando seu ronrom a permitir que você verifique a saúde dos dentes e gengivas dele? Pode levar algum tempo, mas é de extrema importância.

gengivite

Os veterinários devem ser aliados dos tratamentos dentários, podendo serem realizadas limpezas e raspagens em consultório, com anestesias e sedativos. Mas, antes disso, é muito importante os cuidados básicos em casa.

Se o tártaro toma conta dos dentes e provoca inflamações nas gengivas, com o tempo pode atingir os outros componentes dos dentes, até mesmo retrair a gengiva até expor a raiz do dente, provocando a queda ou a necessidade de extração: são as periodontites.

retracao2

A maneira de prevenir estas doenças é a escovação frequente dos dentes dos gatos, então segue abaixo algumas dicas de como realizar esta tarefa:

  • Adquirir escova e pasta dental próprias para gatos: esta medida pode contribuir para que o gato se acostume com a escovação devido ao sabor da pasta, além de evitar intoxicações.
  • Se você tiver um filhote, comece o quanto antes a educá-lo que a escovação é algo agradável, uma brincadeira.
  • Acostume o gato lentamente com a escova, primeiro inserindo caldo de ração úmida, ou outro, na escova e dando para o gato lamber e se acostumar com o cheiro da escova. Recompense com carinhos e petiscos o fato de ele ir se adaptando à escova.
  • Caso o gato recuse a escova, passe a pasta de dentes própria para pets no dedo e comece a fazer o gato a se acostumar com o gosto da pasta as brincar com o seu dedo. Depois que ele estiver adaptado ao movimento de escovação com o dedo, coloque uma gaze no dedo e repita o processo até conseguir inserir a escova.
  • Faça sempre lentamente e com paciência a adaptação, seja gentil e procure não fazer deste momento algo estressante para o animal.

Seguindo estas dicas logo logo seu ronrom estará adorando escovar os dentinhos como este abaixo:

 

479745_173507732795085_782807040_n

Texto por: Marystela Lima

Imagens: http://dicasparagateiros.blogspot.com.br/, https://causafelina.wordpress.com/, http://www.dogtimes.com.br/
Fontes: https://www.peritoanimal.com.br/, https://causafelina.wordpress.com/,  http://dicasparagateiros.blogspot.com.br/

Um comentário sobre “Tártaro e gengivite nos gatos – previna e trate

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s