Mitos e Verdades sobre a Castração!

Não é um tema novo mas, em plena era digital e do acesso fácil a informação, as pessoas ainda tem muitas dúvidas sobre esse assunto que não deixa de ser polêmico nunca: A CASTRAÇÃO!

Não é difícil ouvirmos por aí frases do tipo: “meu gato é de apartamento, não preciso castrar”; “castrar é mutilar o bichinho”; “castrar é contra a natureza do animal”; “quando castra fica muito lento e gordo…” e por aí vai.

Primeiramente é importante entender o que de fato é castração.

gato-esterilizado-1

A castração ou esterilização, é um procedimento cirúrgico, feito com anestesia, que dura em média uma hora, onde através de um pequeno corte, nos machos são retirados os testículos e nas fêmeas, é retirado o útero, trompas e ovários. Após o procedimento, são feitos pontos cirúrgicos, ministrado medicamentos anti-inflamatórios, analgésicos e estando tudo bem com o gatinho, ele é liberado para se recuperar em casa. Em 24h ele já está ativo normalmente, em sete dias os pontos são retirados e o local estará cicatrizado.

Mas porque castrar?

Além de auxiliar o controle populacional (evita que gatos se reproduzam descontroladamente nas ruas), a castração evita a perpetuação de doenças geneticamente transmissíveis; câncer em glândulas mamárias; tumores testiculares; infecções uterinas; gravidez psicológica; acasalamentos indesejáveis; cios; demarcações de territórios; agressividade motivada por excitação sexual, entre outros comportamentos.

E o que de fato é MITO e o que é VERDADE sobre esse procedimento:

mito-ou-verdade

“Castração é um ato brutal”.

MITO: A castração não é um ato brutal e não provoca sofrimento algum ao felino, desde que feita em clínica veterinária adequada e confiável.

“Quando castrado o gato/gata perambulam menos”.

VERDADE: Como caçar e sair atrás de fêmeas para acasalar está no instinto, os gatos saem menos de casa e, portanto, tem menos chances de sofrerem acidentes, serem maltratados, roubados ou ficarem perdidos.

“O gato engorda e fica lento depois de castrar”.

MITO: A obesidade ou sobre peso dos gatos não é causado exclusivamente pela castração. É necessário que seu felino tenha uma dieta adequada, se exercite (brinque, corra e pule); que você faça nele exames para verificar taxas hormonais e etc.

“Gato castrado não faz xixi por todos os cantos da casa”.

VERDADE: A castração ajuda a diminuir ou eliminar problemas de comportamento, como, por exemplo, a necessidade de urinar para demarcar território.

“Macho castrado perde a masculinidade”.

MITO: É importante entender que os animais copulam para procriar e não apenas por prazer. Logo, após serem castrados, eles não perdem a masculinidade, apenas perdem o instinto de procriação; e nem o macho e nem a fêmea mudam a sua personalidade, pelo contrário, sem estar mais sujeito às ações dos hormônios sexuais, tornam-se mais calmos e sociáveis.

 “A castração reduz riscos de problemas de saúde”.

VERDADE: conforme mencionado a cima, a castração evita o desenvolvimento de câncer, tumores, doenças e muitos outros problemas de saúde.

“Fêmeas devem ter pelo menos uma cria antes de serem castradas”.

MITO: Na verdade, o recomendado pelos especialistas é que a esterilização seja feita antes do primeiro cio para diminuir as chances de desenvolvimento de algum tumor.

“Fêmeas castradas não entram no cio”.

VERDADE: Após a esterilização, as fêmeas não entram no cio, logo, não sangram, não reproduzem e não estão sujeitas a gravidez psicológica. Mas não se preocupe, sua gata não irá culpar você por ter tido o sonho de ser mãe e ter muiiitoooooss gatinhos, interrompido.

“Gato de apartamento não precisa castrar”.

MITO E PRECISA SIM! Indiferente do ambiente que seu gatinho vive, a castração é uma medida necessária para garantir a qualidade de vida dele.

Lembrando que, gatos não castrados, soltos pelas ruas, se reproduzem rapidamente e você não vai querer ser responsável pela proliferação descontrolada de animais que ficarão abandonados, doentes, passarão fome e poderão ser mal maltratados e até mortos pelas ruas. Vai?

gatos-de-rua

Bom, agora que você já sabe que castração não é um ato brutal ou vai ‘contra a natureza do animal’, tome uma atitude responsável e de amor: castre!

Fotos: http://ronronar.com/como-cuidar/porque-deve-esterilizar-castrar-seu-gato
http://www.riograndedonorte.net/natal-castracao-de-gatos-de-rua-e-feita-por-voluntarios/

Fonte: http://www.gatoverde.com.br/castracao/beneficios/
http://www.aimpa.com.br/arquivos/mitos-verdades-castracao.pdf
http://www.webanimal.com.br/cao/index2.asp?menu=castracao.htm
http://bob.geracaopet.com.br/mito-ou-verdade-castracao/

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s