Por que os gatos fazem “fuu”?

O principal objetivo de um gato fazer o barulhinho de “fuu” é dar um alerta de ameaça, pois ele está com medo e está tentando afastar o perigo. Se a continuidade do fuu é um ataque, saiba que na maioria das vezes eles agem desta forma por acharem que precisam se defender de algo ou alguém. A raiva e agressividade são geralmente consequências deste medo.

É necessário conhecimento e experiência para solucionar os problemas comportamentais dos gatos. Segundo pesquisas, os principais problemas comportamentais que atingem os gatos são a eliminação inapropriada de fezes e urina e em segundo lugar a agressividade. Esta agressividade pode ser contra outros animais ou humanos.

 

Encarar os “fus” do seu ronrom não pode ser algo casual, você tem que prestar muita atenção no que está acontecendo para evitar a continuidade deste costume e até mesmo evitar consequências piores deste amedrontamento. O gato assustado pode partir para o ataque se ele sentir que está encurralado e não tem para onde fugir. O entendimento das causas deste medo é a melhor arma nesses casos. 

 

Primeiramente, identifique os sinais de que ele está tentando se defender de algo. O gato tem diversas maneiras de se expressar, e elas incluem linguagem corporal das orelhas, cauda, pelos, além dos sons que ele emite – como é o caso do assopro “fuu”. Preste muita atenção em todos os sinais que seu ronrom está te dando de que algo o incomoda. Há sempre uma explicação para o gato estar fazendo ruídos ameaçando você, as visitas ou outros gatos da casa.

 

Dicas para entender o que está acontecendo:

    ;

  • ;

    Leve o ronrom ao veterinário para checar a saúde – ele pode estar agressivo devido à alguma dor que esteja sentindo. Isto pode explicar o medo que tem de ser tocado e sentir dor;

    ;

  • ;

  • ;

    Trabalhe a socialização entre os gatos (ou outros animais) da casa caso suspeite que estejam em disputa territorial; (leia mais sobre dicas de adaptação de gatos novos na casa!)

    ;

  • ;

  • ;

    Observe se ele se mostra agressivo nas brincadeiras;

    ;

  • ;

  • ;

    Verifique se você não gerou uma mudança de rotina em algum hábito da casa. Os gatos podem estranhar muito mudanças de horários, mudança de apartamento etc.

    ;

  • ;

 

Dicas para lidar com o gatinho medroso:

    ;

  • ;

    Nas situações que ele está te dando sinal que pode atacar, recue para que o gato se acalme;

    ;

  • ;

  • ;

    Deixe rotas de fuga e locais que ele possa se esconder e se sentir seguro quando visitas chegarem em casa ou quando ele se deparar com as situações que causam medo;

    ;

  • ;

  • ;

    Não castigue o gato, isto despertará mais medo nele;

    ;

  • ;

  • ;

    Utilize florais para acalmá-lo;

    ;

  • ;

  • ;

    Acostume o gato ao fator de stress aos poucos.

    ;

  • ;

 

Se as coisas continuarem críticas depois disso tudo… Recorra às dicas de amansar as feras em casa, aqui mesmo no Blog do Ronrom!

 

 

 

Fontes: http://pt.wikihow.com/, http://psicovet.com.br/, http://blog.catclub.com.br/, http://www.royalcanin.com.br/, http://www.petshopauqmia.com.br/

 

Fotos:  http://blog.catclub.com.br/, http://imagenszarus.blogspot.com.br/, http://gatoduplo.blogspot.com.br/

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s