Gatos também sofrem com alergia ao pólen

A estação mais florida e cheirosa do ano chegou e com ela surgem os riscos de desenvolvimento de alergias, inclusive para os gatos.

 

Fonte: Perito animal. 

 

A alergia é uma doença na qual o sistema de defesa do organismo irá reagir, de forma exagerada, ao entrar em contato com determinados alérgenos (substância alérgica). Isto então irá desencadear a dermatite atópica, não contagiosa, que geralmente é causada por três tipos de alérgenos: pólen, ácaros ou fungos.

 

Neste post falaremos em especial, sobre a alergia á pólen.

 

Esta alergia poder surgir ao longo da vida do animal, sendo mais comum entre 1 e 3 anos de idade.

 

A alergia possui várias origens, podendo ser genética (há raças que são mais predispostas a desenvolver) ou mesmo hereditária, passada de pais para filhos.

 

Sintomas mais comum:

    ;

  • ;

    Tosse

    ;

  • ;

  • ;

    Espirros

    ;

  • ;

  • ;

    Secreção nasal e ocular

    ;

  • ;

  • ;

    Coceira no nariz, olhos e corpo

    ;

  • ;

  • ;

    Pele avermelhada, com edema (inchaço)

    ;

  • ;

  • ;

    Podendo haver vômitos e diarreias

    ;

  • ;

 

Fonte: Perito animal.

 

LEMBRE-SE: para diagnóstico confirmatório da causa da alergia você deve levar seu animal ao veterinário, onde irá fazer exames e assim o devido tratamento e prevenção.

 

Fatores agravantes 

 

Há alguns fatores que fazem com que a alergia seja mais grave, como:

    ;

  • ;

    Quantidade de alérgenos a que o gato esteja exposto. Na primavera há muito mais quantidade de pólen e isto faz com que o seu ronrom alérgico fique ainda pior do que em outra época do ano.

    ;

  • ;

  • ;

     Associação com outro tipo de alergia. É muito comum que um gato tenha mais de um tipo de alergia, por ser muito sensível. Por exemplo, se é alérgico ao pólen é provável que seja a algum alimento também.

    ;

  • ;

  • ;

    A associação de outras doenças, que deixará a imunidade do animal ainda mais fraca, possibilitando o agravamento da alergia. 

    ;

  • ;

  • ;

    Ou fatores externos, como o calor em excesso ou situações que gere estresse ao  animal, piorando ainda mais a alergia e aumento a coceira. 

    ;

  • ;

Tratamento

 

Para tratamento medicamentoso, com anti-alérgicos, você deverá levar seu ronrom ao veterinário, para correto diagnóstico e melhor método terapêutico. (GATOS SÃO EXTREMAMENTE SENSÍVEIS A CERTOS MEDICAMENTOS, NÃO ADMINISTRE MEDICAÇÃO SEM ORIENTAÇÃO DEVIDA DE UM MÉDICO VETERINÁRIO)

 

Para prevenir crises alérgicas:

 

    ;

  • ;

    Evite que seu animal tenha acesso a campos gramados. Em sua casa, mantenha a grama bem baixa.

    ;

  • ;

    ;

  • ;

    Na primavera, que é uma estação de polinização, mantenha seu ronrom dentro de casa durante o anoitecer e o amanhecer.

    ;

  • ;

  • ;

    Evite que ele faça a ingestão ou tenha contacto com flores, até mesmo por muitas serem tóxicas para gatos.

    ;

  • ;

  • ;

    Tome cuidados com os fertilizantes muito utilizados nesta época do ano. Estes possuem substâncias químicas e tóxicas e a sua ingestão poderá causar intoxicação e mesmo a morte do animal.

    ;

  • ;

 

Fonte: http://www.wazlawik.com.br/index.php/noticias-e-novidades/90-alergias-de-primavera-em-caes-e-gatos.html

http://www.peritoanimal.com.br/alergia-em-gatos-sintomas-e-tratamento-20105.html

http://www.chv.pt/pt/unidades/dermatologia/dermatite-atopica/detalhe.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s