“Simon’s Cat”: o novo queridinho dos gateiros

Não é de hoje que a indústria de desenhos animados fisga espectadores com histórias inspiradas em animais. E isso funciona tão bem que no caso dos gatos é possível enumerar várias personagens, destacando seu jeito fofo, independente, sedutor e até ranzinza. Como sou dos anos de 1980, minhas referências para a época são o Thomas (de Tom e Jerry), Frajola, Garfield, Félix, Chu Chu… E o bacana é que os bichanos continuam na imaginação e criação de muitos produtores, como é o caso do britânico Simon Tofield com o seu slapstick, sitcom e physical comedy “Simon’s Cat” – o que em português significa “O gato de Simon”.

 

Simon’s Cat foi lançado em 2008, e está baseado na vida do autor e de sua experiência com gatos. Ao total teve seis, mas o que mais o inspirou é seu gato Hugh. Em uma entrevista à editora L&PM, Simon Tofield contou que seu amor aos felinos é antigo, começando quando seus pais lhe deram de presente uma gatinha adotada, sem raça definida. Como gostava de desenhar, passou a criar histórias suas com a gata Shelly, até que se tornou adulto e decidiu levar isso como uma profissão.

O enfoque das animações – que possui um ótimo tom de humor – é o comportamento dos gatos e o que pode ser feito para mantê-los felizes e saudáveis, o que inclui uma linguagem bastante sincera. Pois retrata também alguns “caprichos” felinos como o desafio do banho, a ida ao veterinário, o efeito das unhas nos estofados, alertando que nem tudo são flores na relação gatos-humanos. A participação de profissionais em alguns episódios é um diferencial, pois neles os especialistas explicam certos comportamentos do gatinho, ajudando-nos a entendê-los com embasamento científico e não em crenças. O estilo das narrativas deu tão certo, que as histórias de Tofield já se converteram em filme e livro. Suas animações já passaram por grandes estúdios como os da Walt Disney Animation Studios, Endemol e Sesame Street, conquistando a admiração de milhares de gateiros.

 

 

No Brasil

 

Apesar de Simon’s Cat ainda não ter grande popularidade no Brasil, assim como em seus canais de televisão, o sucesso está entre os internautas. Seu canal no Youtube já conta com quase quatro milhões de seguidores de todos os lugares do mundo, com histórias divertidas as quais todo mundo se reconhece nelas. Para o público brasileiro, a boa notícia é a maioria das histórias armazenadas no canal “Simon’s Cat” não tem falas. As que possuem, tem legenda na língua Portuguesa (basta ativá-la nas configurações).

 

Coisa boa essa internet, não é mesmo?! Eu sigo o canal desde seu início, e confesso que sou uma baita fã. Assim como eu, você certamente se sentirá identificado (a) com todas as peripécias de Simon e seu famoso gato. A seguir, deixo o link de um episódio com a participação de uma veterinária, que explica o porquê de os gatos se lamberem e a importância da escovação dos pelos. Espero que gostem deste trabalho incrível: 

https://www.youtube.com/watch?v=5hVkPiWx4R8

 

Até a próxima, pessoal!

 

Fotos: Simon Tofield (Youtube)

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s