Pseudociese: quando a gata pensa estar prenha

Semana passada falamos aqui no blog sobre como lidar com a sua gatinha quando ela está prenha. Se você não viu o post, pode lê-lo clicando aqui. Hoje, daremos continuidade ao tema tratando de um outro assunto relevante para quem tem uma gata em casa: a gravidez psicológica.

O caso é tão comum que tem até nome: Pseudociese. O problema ocorre em cerca de 50% das gatas não castradas.

A Antônia, gatinha do Ronrom, já é castrada. Isso diminui muito o risco de desenvolver a chamada gravidez psicológica.

Foto: Carol Demazi

Como a gata se comporta?

Comportamentos observados em gatas prenhas se manifestam, como a construção de ninhos, adoção de objetos como se fossem filhotes, agressividade e até mesmo a produção de leite nas mamas. Muitas gatas, ao perceberem que não estão de fato grávidas, podem perder o apetite e desenvolver um caso de depressão.

Quando ocorre?

O quadro pode ocorrer cerca de dois meses após o cio, quando se apresentariam também os sinais da gravidez. Isso pode ocorrer com qualquer fêmea não castrada, mesmo que a gata já tenha passado por uma gestação antes. Mas é preciso constar que a pseudociese pode também ocorrer em fêmeas castradas logo após o cio pois, com a retirada dos ovários, há uma mudança abrupta de hormônios que podem resultar nesse comportamento.

Quanto tempo dura?

A gravidez psicológica dura em média três semanas, podendo ser reduzida para até uma semana com medicamento indicado por um médico veterinário. A necessidade de utilizar remédios para tratar os sintomas só pode ser avaliada pelo especialista.

Quais os riscos da pseudociese?

Alguns riscos à saúde das gatas acompanham a gravidez psicológica. Fêmeas com esse quadro tem maior predisposição a desenvolver tumores mamários. Além disso, caso a fêmea tenha a mania de mamar de si mesma quando está produzindo leite, o período pode superar as 3 semanas e surge o risco de desenvolver mastite, uma infecção nas glândulas mamárias, em que as mamas ficam duras, inchadas e doloridas, podendo haver febre e perda de apetite.

Como posso evitar que isso aconteça?

O único modo de evitar a pseudociese é com a castração antes do primeiro cio. Como o quadro é um distúrbio hormonal, é preciso retirar a fonte causadora do problema, o que é feito com a castração.

Lembre-se de que nada pode substituir o atendimento veterinário. Em qualquer sinal de gravidez da sua gata, procure atendimento para auxiliar na gravidez ou reduzir os sintomas de pseudociese.

Fontes: gatoverde; fofuxo; amigodepatas; webanimal; caesgatosecia; petcare

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s