Câncer em gatos: principais causas e sintomas

O câncer, também chamado de tumor, é uma das doenças que mais nos preocupa, tanto em humanos como em animais.

Em casos graves o indivíduo ou animal acaba sofrendo muito com os tratamentos e com a progressão da doença, que pode acabar se “alastrando”.

Para esclarecer algumas dúvidas que muitos têm sobre a doença, vamos comentar sobre os principais cânceres em gatos e falar um pouco sobre o que é o câncer, sendo dividido em duas postagens.

Neste primeiro post falaremos as causas do câncer, a diferença entre tumor maligno e benigno e os principais sintomas.

No post da semana que vem falaremos sobre os tipos de câncer que mais atingem os felinos.

Origem

O câncer ocorre a partir de uma proliferação descontrolada e propagada de clones de células que sofreram mutação.

Esquema de mutação de uma célula:

Em nosso organismo, existem variados tipos de células, cada uma com sua função. Por algum motivo, as células podem sofrer mutações. Na maioria dos caso, quando isso ocorre, o próprio sistema imune do indivíduo consegue atacar e acabar com as células cancerígenas/tumorais, impossibilitando desenvolvimento do câncer.

Quando há uma falha no sistema imune, não há o impedimento da proliferação destas células, que caem na corrente sanguínea e se instalam em algum órgão, onde o acúmulo destas causará surgimento do tumor.

A partir daí, as células geram clones que vão se proliferando e atingindo outros órgãos através da corrente sanguínea, por isso se diz que o câncer se alastrou para outras partes do corpo.

Há três possíveis motivos que levam as células normais a mutar. Um dos motivos é por uso inadequado de produtos ou substâncias químicas cancerígenas. Outro seria por motivos físicos, devido a exposições à radiação. Ou biológico, através de microorganismos que alteram o DNA da célula em que ele se hospeda.

Diferença entre tumor maligno e benigno

Tumor benigno ocorre crescimento limitado e não é capaz de gerar metástase (formação de novas lesões a partir da primeira).

Já no tumor maligno há um crescimento maior e descontrolado, é invasivo (agressivo), invade outras células e pode fazer metástase.

Tratamentos

imunoterapias, que são drogas que impedem a proliferação das células tumorais e causam sua morte. Um exemplo é a quimioterapia, que vem sendo muito utilizada também na área veterinária. Já a radioterapia em animais não é tão comum.

Existem imunoterapias anti-tumorais passivas e ativas:

Na passiva, são administradas ao paciente substâncias que irão estimular a resposta imune a atacar as células cancerígenas.

Já na ativa, vacinas feitas a partir de antígeno ou células do próprio tumor são modificadas e aplicadas para causar a morte do tumor.

Sinais que o gato demonstrará em casos de câncer

Evidência de dor, mudanças de hábitos, depressão sendo como indicador o hábito de dormir mais que o normal ou perda de interesse por brincar com algo que sempre costumava.

Outros sinais é perda de apetite, tosse, dificuldade para respirar, perda de peso, feridas que não saram, diarreia, caroço ou inchaço ou odores fortes, como mau hálito.

Lembrando que estes sinais nem sempre podem ser indicativos de câncer, mas também de outras doenças.

Fonte: arquivo pessoal

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s