MEXENDO O ESQUELETO! – A ESTRUTURA ÓSSEA DOS GATOS

O esqueleto do gato é uma verdadeira máquina de ossos. Enquanto os humanos possuem 206 ossos, o gatos domésticos têm cerca de 250, dependendo do comprimento da cauda e o número de dedos. 10% dos ossos dos gatos encontra-se na cauda, a qual possui um papel fundamental no equilíbrio do corpo.

Essa quantidade superior no número de ossos faz com que o gato seja extremamente flexível, permitindo que rode seu corpo no ar e desta forma caia no chão em pé, desde que haja tempo hábil para este movimento.

Os gatos não possuem clavículas, mas sim uma pequena cartilagem clavicular, possibilitando entrar em qualquer abertura estreita e alargando sua passada durante a corrida. O gato doméstico consegue atingir aproximadamente 50 km/h.

Uma das partes anatômicas mais fascinantes do gato são as patas. A relação entre as “almofadas” que amortecem as quedas e as garras retráteis nos dão uma ideia da adaptação ao meio atingida por este animal. A contração do tendão situado na parte inferior do dedo faz com que as garras sejam expostas, enquanto que o relaxamento do mesmo faz com que as unhas permaneçam escondidas. O gato tem 5 dedos nas patas dianteiras e 4 nas traseiras (normalmente, podendo haver variações).

Sua coluna vertebral é unida por músculos e não por ligamentos, como na maior parte dos mamíferos. Ela é formada por 7 vértebras cervicais, 13 vértebras dorsais, 7 vértebras lombares, o sacro e 18 a 26 vértebras coccígeas. Esta longa coluna vertebral é bastante elástica, permitindo ao gato saltar com segurança e agilidade, podendo saltar a uma distância equivalente entre 5 e 6 vezes a longitude de seu corpo.

Agora, algumas comparações entre o esqueleto humano e dos gatos:

Evolução

A evolução moldou o gato como um caçador e predador, fazendo com que se tornasse um animal ágil, flexível e lutador. Já o esqueleto humano foi formado para prover ao homem força e estabilidade.

Semelhanças

Ambos possuem crânio e mandíbula bem formados, sete vértebras cervicais, uma coluna cervical e quatro membros.

Tamanho e forma

O esqueleto humano é cerca de 20 a 25 vezes maior que o tamanho do esqueleto de um felino doméstico comum. Os humanos são feitos para serem bípedes (andar em duas pernas), seus quadris e espinha dorsal têm uma forma diferenciada e são muito mais sólidos que os dos felinos.

Diferenças

Os ossos extras do felino localizam-se, em sua maioria, na espinha dorsal, garantindo maior flexibilidade e agilidade. Um gato possui entre 52 e 53 vértebras, enquanto os humanos possuem entre 32 e 34. Humanos têm clavículas, enquanto os gatos não. Mas, apesar de não terem clavículas, os felinos têm um conjunto de ossos avulsos em seus ombros, o que lhes permite entrar em qualquer fenda pela qual a cabeça passe.

Função

O esqueleto determina a forma básica de um corpo, além de servir para proteger órgãos vitais, como o cérebro, coração e pulmões. Funciona, também, como um ponto de adesão para todos os músculos, e serve como uma série de alavancas que movimentam o corpo. Além disto, é na estrutura que se têm a medula óssea, que produz cerca de 2,6 milhões de glóbulos vermelhos por segundo e é a base do sistema imunológico.

Fontes consultadas: EuAmoMeuGato, MeusAnimais, Gatimanhos, DicasPeludas.

Fotos: Biosphera, DicasPeludas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s