Gatos do cinema

Todos nós que amamos ronrons estamos sempre procurando qualquer coisa sobre eles, seja artistas que se inspiram nos nossos gatinhos, músicas, roupas, livros e filmes. Apesar da fama dos gatos de serem mais reservados e não gostarem dos holofotes, alguns são ótimos atores!

 Aqui vai uma lista de 7 filmes para gateiros:

 

1. Bonequinha de Luxo (1961)

Além de um clássico do cinema, e de uma protagonista que marcou história como a Audrey Hepburn, o filme conta com a importante participação do gato, chamado de ‘Cat’. Cat era o gato que morava no apartamento de Holly Golightly (Audrey Hepburn). Audrey Hepburn, que sempre foi amante de gatos, afirmou que a cena em que ela joga Cat na rua num dia de chuva foi a coisa mais dífícil que ela já teve de fazer em um filme. Outra curiosidade é que foram contratados nove felinos para se revezarem no papel de Cat, numa prática bem comum, já que não dá para jogar nas costas de um único animal a responsabilidade de atuar em um filme.

 

2. Minoes, a Mulher Gato (2003)

No começo do filme, Minoes é uma gata de verdade, que toma um líquido misterioso e vira humana. Como ela vivia dentro de uma casa e com a nova aparência não poderia voltar para seus donos, Minoes é forçada a ser uma vira-lata e, por mais estranho que possa parecer uma mulher vivendo nos telhados de uma cidade, essa começou a ser a vida dela. Até que ela conhece um jornalista que nunca consegue fazer reportagens. Ela começa a trocar notícias – que consegue com a imprensa dos gatos – por casa, comida e roupa lavada. Assim, ela e o seu novo dono começam a investigar um falso benfeitor da vizinhança. Um filme fantasia, produzido na Holanda, e de uma criatividade muito grande.

 

3. Harry, o amigo de Tonto (1974)

Este filme é um clássico, premiado e bem comovente. Conta a história de Harry Combes (Art Carney), que, depois de ser obrigado a deixar o apartamento onde viveu a vida toda, ele, com 72 anos de idade, resolve fazer uma viagem para ver seus filhos e netos, despedir-se de amigos e conhecer coisas que nunca teve tempo antes, sempre em companhia de seu inseparável gato, Tonto.

 

4. As aventuras de Chatran (1986)

Chatran vivia com seus irmãos em um rancho no norte do Japão. Um dia, brincando com seu amigo cachorro, foi esconder-se numa caixa que caiu num rio e foi levada pela correnteza. E é a partir daí que começa a aventura dos dois pela floresta, tem início uma jornada com direito a quedas d’água, ursos, cobras, chuvas, fome, abutres, buracos, guaxinins e raposas, enquanto Puski vem correndo pela floresta à sua procura. A história, serve como uma jornada de autoconhecimento e amadurecimento para o gatinho, e essa é uma das maiores belezas do filme. 

 

5. A incrível jornada 1 e 2 (1963/1996)

No primeiro filme, o de 1963, a história é sobre A família Hunter, que deixa seus três belos animais de estimação, um gato e dois cachorros, sob os cuidados de seu vizinho John (Emile Genest) para que eles possam tirar férias. Porém, uma sucessão de equívocos faz com que os animais se percam, tendo que embarcar numa aventura para voltar ao lar. A história do segundo é semelhante e ambos trabalham uma ideia bem comum aos animais, principalmente aos gatos: eles amam estar em suas casas. Os filmes emocionam por isso, por mostrarem que os animais amam os seus donos e fazem de tudo para estarem perto deles, mesmo que tenham que cruzar um longo caminho.

 

6. Gato de Botas (2011)

O Gato de Botas teve sua primeira aparição em Shrek. Como seu personagem acabou ganhando destaque, criaram um filme inteiro para o gatinho famoso. No filme, o Gato de Botas (Antonio Banderas) é foragido da justiça de São Ricardo por roubar o banco da cidade em cumplicidade com o ovo Humpty Alexandre Dumpty (Zach Galifianakis), que foi preso. A partir daí ele vive fugindo, até que um dia resolve voltar à cidade para se redimir. Em um bar dois homens contam a ele que o casal de bandidos Jack e Jill haviam conseguido os famosos feijões mágicos da história. A animação, que ganhou uma série na Netflix, é linda, e muito bem feita, além de ser para todas as idades.

 

7. Garfield (2004)

Garfield é uma adaptação das tirinhas de Jim Davis. O filme, de 2004, foi estrelado por Breckin Meyer, Jennifer Love Hewitt, Stephen Tobolowsky e Bill Murray, sendo dirigido por Peter Hewitt. Uma sequência intitulada Garfield 2 foi lançada em 2006 mas não fez tanto sucesso quanto o primeiro. Tem alguns pontos interessantes sobre Garfield, e principalmente sobre os seus hábitos. Primeiro: realmente é normal gatos dormirem a maior parte do dia. Não é preguiça, eles só estão economizando energia para caso precisem em alguma caça ou briga – está no seu instinto. Segundo: apesar dele aparecer devorando litros de leite, devemos salientar que gatos são intolerantes à lactose, então não é bom oferecer leite de vaca para gatos, principalmente em grandes quantidades.

 

E você, tem mais alguma sugestão de filme? Conta pra gente nos comentários!

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s