Brincando ou brigando?

Todo mundo que tem mais de um ronrom em casa já ficou confuso quanto às brincadeiras deles: às vezes demoramos para identificar se eles estão só brincando ou se estão brigando. Saber identificar o tipo de interação dos nossos gatinhos é extremamente importante para manter a paz na nossa residência. Vamos mostrar algumas maneiras de diferenciar quando acaba a brincadeira e temos que intervir.

Para entender o relacionamento dos gatos um com o outro, é necessário analisar sempre a linguagem corporal de ambos, e ficar atento a qualquer sinal de agitação excessiva e agressividade.

 

Leia mais em: A linguagem dos gatos.

 

Brincadeiras

Durante as brincadeiras, mesmo que pareçam violentas, os ronrons podem até se encarar uma vez ou outra, mas é perceptível que o corpo se mantem sempre relaxado, muitas vezes ficando um dos gatos deitado. A barriga fica exposta sem que o gatinho tenha receio de ser atacado nessa parte tão vulnerável para eles. Os “tapas” geralmente não envolvem unhas, o que demonstra a intenção de não ferir o outro; e eles não emitem sons que demonstrem a tentativa de afastar o outro. Nenhum dos ronrons envolvidos também foge da situação, eles ficam brincando por horas até um deles se cansar.

 

No cotidiano é importante observar se essas brincadeiras não estão deixando um dos gatos acuado demais: as vezes um dos ronrons é mais empolgado, mais agressivo, e o outro pode não reagir bem à intensidade da brincadeira. Um sinal de que isso pode estar acontecendo é se um dos gatos fizer o famoso “fu” para o outro. Isso indica uma tentativa do gato de afastar o outro, por não estar se sentindo confortável com a brincadeira.

 

Briga 

Quando observamos perseguição feroz que termina em uma forma de ataque ao outro ronrom, certamente não se trata de brincadeira. Durante a briga é muito nítido a intenção que o gato tem de machucar o outro, usando unhas e dentes de forma a deixar marcas. Existe uma vocalização intensa e barulhenta, a fim de intimidar o outro. Os pelos do corpo ficam eriçados, bem como o rabo (os gatos fazem isso para dar a impressão de que são maiores e mais fortes ao seu oponente).

 

Esse tipo de atitude é comum em situações de defesa de território: quando o ronrom percebe algum tipo de ameaça ao seu ambiente, tentará espantá-la. Pode acontecer entre gatinhos que acabaram de se conhecer, ou em casos onde os gatos não se dão bem – devido às suas personalidades fortes, ou talvez os dois gatos serem “dominantes”, também pode causar esse tipo de conflito. É muito importante observar esses comportamentos pois essas brigas podem levar a um estresse crônico, que pode causar problemas de saúde nos ronrons, além dos ferimentos provenientes das brigas.

Observando os ronrons e sua expressões durante as “brincadeiras” geralmente é possível identificar facilmente quando se trata de uma brincadeira intensa, ou de uma briga de verdade. Caso ainda haja alguma dúvida, o ideal é consultar um especialista em comportamento e seguir as orientações, para evitar episódios de agressão. Afinal, o que todos querem é uma casa feliz com ronrons em harmonia.

 

E na sua casa, como é a relação dos seus ronrons? Você já presenciou alguma situação de briga entre gatos, ou de brincadeiras duvidosas? Conta pra gente!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s