Depoimento do adotante: Lets

O depoimento de hoje tem tudo a ver com a Ronromterapia (Domingo tem uma super especial de Natal). Lembram do Lets? Aquele que ama um colinho e fazia a alegria dos visitantes com a sua calma e ronrons? Então, ele foi adotado pela Juliana Schmidt, que hoje é uma das voluntárias do projeto Adote Um Ronrom

 

Lets foi resgatado com o Magoo, Alecrim, Prince e Gomes. Eles foram salvos de uma situação precária em março de 2015. Desnutridos, sem cuidados básicos, poderiam ter morrido em péssimas condições, mas foram resgatados e ganharam muito amor, ração gostosa, tratamento veterinário e um abrigo, se tornando gatinhos muito especiais para os voluntários e suas famílias. Magoo, infelizmente, não resistiu à insuficiência renal, mas viveu recebendo muita atenção e carinho até seu último dia. Leia a história dele aqui.

 

É para salvar mais vidas que o Adote Um Ronrom precisa de ajuda. Hoje, temos mais de 30 gatos sob os cuidados do projeto. Neste ano, duas mamães de uma colônia foram resgatadas com seus bebês, saindo das ruas. Uma forma de ajudar é doando qualquer quantia em dinheiro para nossa campanha de fim de ano. Para doar, é só clicar aqui.

 

Agora, vamos saber quais são as notícias do nosso amado Lets:

 

 

 

“Oie, gente!

 

Como eu prometi, vou contar para vocês como anda minha vida pós-adoção. A tia Carol e o tio Ivan me levaram para a casa nova em uma sexta à noite. Foi uma festa! Até o dindo e a dinda estavam me esperando (eu amei ter dindos). Fiquei um pouco assustado e mesmo assim já ronronei um montão. Cheirei tudo e senti que seria muito divertido!

 

Eu tenho um manão chamado Ringo.No começo ele ficou bem enciumado de dividir a mamãe e o papai. Conversei bastante, enchi de lambeijinhos e em uma semana estávamos dormindo na mesma cama. Hoje pegamos solzinho juntos, tiramos selfies, brincamos de esconder, de pega pega, caçamos insetos e o Ratosvaldo de brinquedo.

 

Nós traçamos um plano pra acordar a mamãe de manhã. Eu faço carinho no rosto dela e se não acorda, o mano dá uma mordida no dedão do pé. É infalível!

 

Continuo dengoso e chameguento. Sou muito paparicado e amo um colinho! De v
ez em quando ainda fico ansioso quando lembro do lugar horroroso e sujo de onde fui resgatado pelo projeto e me lambo bastante. Sou muito grato por ter sido salvo. Conheci muitos tios e tias bacanas, ganhei bastante carinho, apareci na tv e tenho até alguns fãs.

 

Hoje estou aqui, saudável e feliz, graças a todos os cuidados do Projeto. E foi em uma Ronromterapia que a mamãe me encontrou e se apaixonou pela minha cara de bolacha e olhar sensual. Ela disse que eu não preciso me preocupar, afinal agora tenho a minha própria família, que nunca vai me abandonar. Por favor, cuidem dos seus gatinhos! A rua é um lugar muito triste.

 

Um lambeijo cheio de amor e até logo!”

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s