Recebendo o primeiro ronrom em casa

 Arranhadores e brinquedos estão entre os itens básicos para receber da melhor forma o novo morador

 

“Decidi adotar meu primeiro gato, e agora?”

 

Mamães e papais de primeira viagem, fiquem calmos que o Adote um Ronrom está aqui para ajudá-los. Se você pensou, analisou e decidiu que chegou mesmo a hora de adotar um felino, aqui vai uma lista de itens básicos que você precisa providenciar para receber o gatinho com todo o conforto que ele merece.

 

Redes de proteção em todas as janelas

 

Nós do Adote um Ronrom só liberamos a adoção de gatos para residências que possuam redes de proteção em todas as janelas, por isso vamos até o local verificar pessoalmente antes de entregar o animal. Caso você adote um gato de fora do nosso projeto, ressaltamos – e muito – a importância de colocar as redes ANTES de levar o animal para casa. Nunca deixe para colocar depois, nem se convença de que poderá manter as janelas fechadas. Caso você não possua recursos financeiros para colocar as redes no momento, então ainda não é a hora de adotar. Todos os dias nos deparamos com relatos de gatinhos que caem de janelas e sacadas de apartamentos, e são histórias muito tristes. Pense sempre na integridade física do animal, em primeiro lugar.

 

 

Caixa de areia ou caixa sanitária

 

Há muitos modelos e tamanhos disponíveis no mercado. Escolha uma não muito pequena, mesmo que o animal seja filhote. As caixas com bordas mais altas ou com tampa ajudam a evitar que o gato espalhe areia fora na hora de “enterrar” as necessidades. Algumas caixas já acompanham uma pá, mas, caso contrário, não esqueça de comprar uma para recolher diariamente as fezes da caixa.

 

Areia higiênica ou ganulado sanitário

 

É o conteúdo que irá dentro da caixa de areia. Também há diferentes tipos, com diferentes vantagens/durabilidade, à venda em supermercados e pet shops. Confira nosso post sobre os tipos de areia

 

Comedouro e bebedouro

 

São os potinhos onde o seu gato irá comer ração e beber água. Não há necessidade de um comedouro grande, pois em geral os gatos preferem comer a ração novinha, ou seja, o ideal é colocar um pouco por vez no pote. Já os bebedouros podem ser do tipo tradicional – preferencialmente potes com a boca larga, pois alguns gatos não cur
tem encostar o bigode nas beiradas – ou modelos do tipo “fonte”, que funcionam na tomada e mantêm a água em movimento. Há ainda alguns bebedouros nos quais é possível acoplar uma garrafa plástica, e água vai descendo conforme o gato bebe.

 

Uma dica importante, é optar por potes de inox ou porcelana, pois os de plástico podem causar acne no queixo do gatinho.

 

Também é possível montar a sua própria fonte. Há vários vídeos no Youtube que ensinam a fazer o bebedouro com pouco investimento. Confira uma sugestão:

 

 

 

Ração

 

Vai depender principalmente da idade do animal, e também se o gato já é castrado ou não. As rações do tipo Premium e Super Premium custam um pouco mais que o tipo Standard, mas oferecem vantagens, desde cuidarem melhor do trato urinário do animal até deixarem o pelo mais brilhoso e macio – evitando perda de pelo -, além de melhorar a saúde bucal. Por isso, o custo benefício acaba sendo melhor se você investir em uma ração de melhor qualidade. As do tipo Premium e Super Premium contribuem para evitar doenças e aumentar a expectativa de vida do gato. Veja mais dicas sobre alimentação aqui.

 

Arranhador

 

É onde o animal irá esfregar as unhas. Ter arranhadores adequados ao porte e às necessidades do gato faz com que o animal evite utilizar outros objetos e móveis para esse fim. Os mais comuns são os arranhadores verticais, desde os modelos mais básicos até os que possuem também toquinhas e patamares onde o gato possa se deitar.

 

Dica importante: o arranhador deve ter, no mínimo 90 cm de altura, porque o gato gosta de se alongar, e se for menor que este tamanho ele não vai conseguir e não vai usar. Mesmo que seja um filhote, a sugestão é comprar com esta altura porque eles crescem rápido. Os que têm toca e meia-lua são os preferidos dos gatinhos.

 

Caminha

 

Tudo bem que o gato vai dormir onde ele bem entender, mas é recomendável que ele disponha de um espaço próprio para esse fim. Pode ser desde uma caminha pronta, encontrada facilmente em petshops, até uma que você mesmo pode montar com caixa de papelão e mantinhas para afofar. Os cobertores ideiais são os de microfibra. 

 

Brinquedos

 

A maior parte dos filhotes adora brincar, gastando muita energia, e alguns gatos nunca perdem es
sa vontade, mesmo depois de adultos. Vale desde uma bolinha até brinquedos mais elaborados, com barulhos e luzes – há todo um segmento no mercado especialmente voltado para isso, e fica até difícil escolher o que levar. A dica principal é evitar brinquedos com corda ou só deixar o gato brincar com supervisão. Recentemente, um dos gatinhos adotados acabou prendendo a língua com um cordão, que o impedia de se alimentar e teve que passar por uma cirurgia. Você pode ler a história completa do Mário aqui.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s