Depoimento da Adotante: Cheddar (Denis)

Há um ano atrás conheci o Adote o Ronrom e o Cheddar – até então Denis. Conheci a página pois estava ajudando um amigo que queria adotar um gatinho. Não passava pela minha cabeça ter mais ronrom, visto que já tinha dois que me acompanhavam desde 2010, cresceram juntos e eram muito apegados um ao outro, e também a mim.

Acompanhando a página por algumas semanas vi o Denis sendo anunciado inúmeras vezes, e em todos os posts sempre era deixado bem claro que se tratava de um gato difícil, muito anti-social e até agressivo, e que seu adotante teria que ter muita paciência com a adaptação – por isso de ele não ter sido adotado até então. Cada vez que ele aparecia de novo me fazia repensar em aumentar a família. Depois de muito pensar decidi, então, dar uma chance ao gatinho assustado que já havia me conquistado. 

 

A adaptação do Cheddar foi extremamente difícil, porque além da adaptação com meus outros gatos, existia a adaptação dele comigo – que foi a mais complicada. Ele ficou muito tempo escondido, sempre com medo, e demorei semanas até conseguir sequer chegar perto dele. Além de demonstrar medo, ele era agressivo quando eu tentava o mínimo de contato que fosse. Com o tempo ele foi pegando confiança em mim, e foi se apegando a um dos meus gatos (o Sushi). Depois de semanas eu comecei a ver ele pelo apartamento – mas sempre andando pelos cantos, procurando lugar para se esconder.

 

No meio do processo de aptação tive uma perda muito grande, e meu gato Sushi veio a falecer. Além de toda a tristeza da perda do meu ronrom que já me acompanhava há 4 anos, a adaptação do Cheddar com minha outra gata (Mimi) partia da estaca zero, ela simplesmente odiava ele, e dali partiram meses com os dois se desentendendo.

 

Depois de 6 meses de adoção, mudei de apartamento, e os dois finalmente começaram a se entender. Não só se entender, como se amar muito. Hoje em dia os dois não se desgrudam, e Cheddar virou um gato muito querido, ainda mantém seu jeito assustado e atento à tudo, mas se mostrou super carinhoso com todos, e muito brincalhão.

 

Agradeço imensamente ao Adote um Ronrom por ter trazido um dos amores da minha vida, e por hoje poder fazer parte desse projeto lindo também como voluntária.

 

Hoje Cheddar é esse gatão: (clique para ver as fotos)

 

Cheddar e Mimi

Cheddar e Mimi

Cheddar

Cheddar

Cheddar e Mimi

Cheddar e Mimi

Cheddar

Cheddar

Mimi e Cheddar

Mimi e Cheddar

Cheddar e Mimi

Cheddar e Mimi

Para quem está pensando em adotar, a minha dica é: dê uma chance a um gatinho “anti-social”. Muitos dos ronrons resgatados passaram por uma vida muito difícil, e são muito traumatizados com o contato com humanos. Mas basta um pouquinho de paciência, e um lar com muito amor, para eles se sentirem seguros e retribuirem com todo amor que eles tem guardado. 

 

Post relacionados:

– Como introduzir um novo Ronrom à família

– As vantagens de adotar um gato adulto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s